quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Dedo podre: os vices do Zé Pedágio

A gengiva e um voto: uma dupla de sucesso em 2002 !

A gengiva e um voto: uma dupla de sucesso em 2002 !

segue-se uma análise sobre os candidatos a vice do Zé Pedágio.

O vice de Zé Pedágio em 2010, segunda a Folha (*), seria o José Roberto Arruda

Outro vice do Zé Pedágio foi o Gilberto Kassab, uma espécie de poste sob a forma de Maguila: leve de carregar.

O mais notável vice de Zé Pedágio foi o de 2002, Henrique Eduardo Alves, que teve de ser defenestrado, por causa de uma acusação de lavagem de dinheiro:

Edição 209 da revista Época, 20/05/2002

Rearrumações domésticas
Com Henrique Eduardo Alves fora do páreo, a deputada Rita Camata deverá ser escolhida como vice de José Serra
Na edição 205 de ÉPOCA, de 22 de abril, a colunista Joyce Pascowitch informou que uma rumorosa disputa em torno de contas bancárias no Exterior, travada pela ex-mulher Mônica Azambuja Alves num processo de separação litigiosa, poderia custar ao deputado Henrique Eduardo Alves, do PMDB do Rio Grande do Norte, o sonho de ser o candidato a vice do tucano José Serra. Na semana passada, mais detalhes sobre o processo de separação tornaram-se públicos, com a revelação da denúncia feita na Justiça pela ex-mulher de uma milionária movimentação financeira do deputado em contas na Suíça, nas Bahamas e nas Ilhas Cayman. No processo que corre em Brasília desde outubro de 2000, os advogados de Mônica juntaram extratos bancários, contas telefônicas e faturas de cartão de crédito. Mostram que o pré-candidato a vice ostentava um padrão de vida incompatível com uma renda mensal declarada de R$ 20 mil.

Um comentário:

Anônimo disse...

Diga com quem tu andas, que eu te direi que és! Serra 2010? Vamos ferrar o Brasil? é só deixar o PSDB acabar com os sonhos de um Brasil melhor...pense bem urna não é privada!


Abraços professor....
Guilherme Santos
Monte Azul SP