sábado, 19 de setembro de 2009

Cursinho Popular


CURSINHO POPULARINTRODUÇÃOO Instituto Práxis de Educação e Cultura – IPRA, tendo em vista a desigualdade de condições no acesso ao ensino Universitário, lança seu Cursinho Popular que atenderá até 35 (trinta e cinco estudantes) estudantes selecionados, dos quais no mínimo cinco e no máximo dez serão indicados pelo próprio IPRA, sendo as demais vagas preenchidas por estudantes indicados pelas entidades parceiras, proporcionando a estes jovens melhores condições para disputarem os concursos vestibulares.OBJETIVOSObjetivo GeralConstruir através de uma formação generalista e de conhecimentos específicos, com aulas e atividades complementares, condições para a inserção dos educandos no sistema de ensino universitário, principalmente em Universidades Públicas.Objetivos EspecíficosAtravés de capacitação adequada aos educandos, criar condições favoráveis para sua inserção em Instituições de Ensino Universitário diversos.Integrar docentes qualificados para atividades coletivas e interdisciplinares.Desenvolver atividades complementares ao conteúdo curricular programático, abertas a comunidade, desenvolvendo concepções éticas, democráticas e igualitárias nos participantes de tais atividades.Conhecer plenamente a realidade local e regional, seus conflitos, contradições e a construção coletiva de alternativas.Criar uma rede popular de educadores a partir dos educandos aprovados nos concursos vestibulares.Contribuir para a efetiva transformação da realidade local e regional nos setores econômico, político e cultural.JUSTIFICATIVA E METODOLOGIATendo em vista a enorme desigualdade de condições de oportunidade para conseguirem ingresso nas Universidades Públicas e pela demanda existente de cursinhos populares no município de Franca, este projeto procurará minimizar essa situação, ofertando processo de formação generalista e específica para dar melhores condições de acesso à educação universitária pelos beneficiários do projeto.A Metodologia privilegiada no desenvolvimento do Cursinho Popular aseia-se no estímulo ao processo de construção do conhecimento a partir dos conteúdos sistematizados selecionados e dos conteúdos prévios dos educandos, em conformidade com os preceitos desenvolvidos por Paulo Freire, Antônio Gramsci e Mikahil Bahktin.METASO presente projeto de Cursinho Popular, será implantado pelo Instituto Práxis de Educação e Cultura – IPRA, que ficará responsável pela Coordenação Pedagógica, Coordenação Administrativa e pela Coordenação Financeira do projeto.A seleção dos educandos ficará a cargo do IPRA e das instituições parceiras, correspondendo a cada entidade um número de vagas proporcional ao apoio efetivo ao projeto.Ao final do período letivo anual de cada turma, espera-se:- garantir acesso ao Ensino Superior, preferencialmente público, ao número maior possível de educandos participantes.- formar quadro profissional orientado pelos princípios do IPRA.BENEFICIÁRIOSSão beneficiários prioritários os estudantes egressos de escolas públicas ou que nelas estudaram ao menos um terço do ensino médio, militantes de movimentos sociais e estudantes com renda familiar per capita de até dois salários mínimos. Os educandos serão selecionados pelo IPRA e pelos parceiros do projeto.FUNCIONAMENTOA carga horária semanal será de 20 horas/aula, distribuídas entre as disciplinas básicas do programa: Geografia, História, Literatura, Biologia, Física, Matemática, Química, Gramática e Redação, além de 5 horas/atividades integrantes da grade curricular do curso. O horário de funcionamento do Cursinho Popular será de segunda-feira a sexta-feira, entre 19h e 22:30h.O curso poderá ter acompanhamento de Orientação Profissional, a critério dos parceiros do projeto em comum acordo com o IPRA e com recursos específicos para essa finalidade, cabendo ao IPRA, indicar profissional adequado para sua realização.COMPOSIÇÃO DA EQUIPECaberá ao IPRA a seleção dos educadores, bem como dos demais colaboradores do referido projeto. Todos serão voluntários, podendo eventualmente receber algum tipo de ajuda de custo.Conselho Gestor – com caráter consultivo, será o responsável pelo acompanhamento geral do projeto, com reuniões ordinárias bimestrais. O Conselho será composto por dois membros do IPRA, um membro indicado por cada parceiro do projeto e um membro eleito pelos estudantes.Coordenador Administrativo – responsável pela organização geral, implantação e supervisão das atividades, articulação entre parceiros, gerência de recursos e prestação de contas. Será exercida por educador indicado pelo IPRA.Coordenador Educacional e de Secretaria – responsável pelo acompanhamento geral do calendário de atividades didático-pedagógicas, rotina diária das atividades, articulação da equipe de educadores, contatos com entidades, coordenação e supervisão das atividades, acompanhamento de educandos e apresentação de relatórios. Acompanhamento individual nos casos especiais, cuja finalidade será a de reverter o problema.Responsável ainda pela organização geral e controle da rotina administrativa de suporte ao curso (atendimento de educandos e professores, informações gerais, acompanhamento de pautas e freqüências, controle de documentações e arquivos, material didático e equipamentos); responsável pela informatização dos arquivos, documentos e banco de dados geral do curso;Corpo docente – voluntários selecionados pelo Instituto Práxis de Educação e Cultura – IPRA.MATERIAL DIDÁTICOO material didático deverá ser desenvolvido pelos docentes de cada disciplina, com supervisão e acompanhamento do IPRA, além de aprovação pelo Conselho Gestor.A produção e publicação do material didático serão custeadas pelas entidades parceiras através de recursos específicos para essa finalidade.Também poderá ser buscada parceria com outros cursinhos populares para aquisição de material didático semelhante. A aquisição de material didático não está incluída nos custos de manutenção por educando, e será realizada através de recursos extras.

Um comentário:

Prof. André Braga disse...

Caro Professor Jorge,

Parabéns pelo seu Blog. O Cursinho funcionará em Bebedouro? Tenho muito interesse nesse tipo de projeto. Iniciei a minha carreira docente em cursinhos populares. Hoje sou coordenador do Colégio Nomelini (Sistema Anglo de Ensino) e tenho interesse em montar / participar de um cursinho popular na cidade de Bebedouro.